quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Lucélia participou de mais uma Sessão Plenária da Câmara de vereadores de Patu

Vereadora Lucélia

A vereadora do PT parabenizou a administração pelo grandioso Desfile Cívico em comemoração aos 121 anos de Emancipação de Patu, e falou sobre a importância em resgatar e manter as tradições do município.

Lucélia lembrou ainda o papel do professor Aluísio Dutra, quando secretário de educação do município, que deu início ao resgate de grandes eventos culturais e educacionais da cidade, como a semana do estudante, desfiles, entre outros, e lembrou que mesmo estando fora dos quadros da administração municipal, Aluísio tem desempenhado um importante papel na defesa pela valorização dos nosso valores culturais. “Mesmo fora da secretaria, o professor Aluísio vem exercendo papel fundamental na consolidação de eventos culturais em Patu”, disse a vereadora.

Lucélia falou ainda sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias do Município e da sua relevância para o bom planejamento e investimento dos recursos públicos e defendeu a implantação do orçamento Cidadão.

Lucélia encerrou a sua fala solicitando da mesa diretora da casa, que o Projeto Tribuna Popular seja posto em pauta na próxima sessão, que está marcada para o dia 05 de outubro.

Confira a fala da vereadora na íntegra

Quero iniciar a minha fala parabenizando a organização do Desfile Cívico de 25 de setembro em homenagem aos 121 anos da cidade de Patu, desfile esse que foi esquecido de 2001 a 2008 e foi resgatado pela administração da prefeita Evilásia Gildênia, através da secretaria municipal de Educação, na época tendo a frente o secretario municipal de Educação o prof. Aluisio Dutra, que mesmo não fazendo mais parte do quadro administrativo da administração, está sempre contribuído com a mesma, participando da organização do 13º festival de Repentista da 28º Feira da Cultura que homenageou o poeta Zé Bezerra dando nome ao troféu do referido festival. Como também idealizou e organizou em parceria com a secretaria de Educação, a 1ª Feira Literária, abrindo espaço para os escritores locais apresentarem seus trabalhos onde esperamos que seja dada continuidade nos anos seguintes.

Quero registrar a presença do agricultou Raimundo Canuto de Brito, vereador – PT e presidente do Sindicato dos Agricultores Rurais de Janduís no CAJIM, o mesmo foi Convidado para proferir uma palestra PARA OS ALUNOS DE Ciências Contábeis sobre a cooperativa de credito – credioeste.

Foi votado hoje nesta casa um projeto de lei muito importante para o nosso município que dispõe sobre as diretrizes para a elaboração do Orçamento 2012. A LDO é uma forma eficiente e democrática de planejamento e gestão e favorece a transferência das ações do poder publico e uma relativa democratização das decisões referente a destinação dos recursos.

Quero lembrar tanto ao executivo, como também a população Patuense que há alguns meses atrás encaminhei ao executivo requerimento solicitando o Orçamento Participativo, sei do compromisso da Prefeita com o povo de Patu, vivenciamos a cada dia suas ações nas mais diversificadas áreas, no embelezamento da cidade, a poucos dias foram inaugurada lindas praças, acontecer o Orçamento Participativo em sua gestão só tornará sua administração mais democrática e voltada as reais necessidades e reivindicação da população Patuense.

Que nós vereadores, unidos possamos cobrar para que o povo participe da elaboração do orçamento para 2013, pois as leis Orçamentárias é o mais importante instrumento de definição de políticas publicas, é por meio delas que se estabelece a aplicação dos recursos municipais. Para finalizar venho solicitar da Senhora Presidente que se na próxima terça não houver a reunião das Comissões que como presidente da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final por falta de quorum estarei encaminhando os projetos para que a mesa diretora dê o parecer e coloque tos para serem votados na próxima sessão inclusive o da Tribuna Popular.

Dilma Rousseff lança plano inédito para deficientes


O governo federal prepara um programa para as pessoas com deficiência que inclui projetos de saúde, educação, inclusão ao mercado de trabalho e acessibilidade. O investimento pode chegar a R$ 10 bilhões até 2014.

O plano prevê a entrega de mais de mil veículos escolares adaptados nos próximos três anos, em uma parceria com Estados e municípios. Para o mercado de trabalho, a ideia é criar um banco nacional de profissionais, espécie de agência virtual de empregos.

Pessoas com deficiência terão ainda, conforme o texto preliminar obtido pela Folha, facilidades e garantia de acessibilidade no Minha Casa, Minha Vida.

Segundo o Censo 2000, 14,5% da população apresenta algum tipo de incapacidade ou deficiência.

Fonte: Folha Online


Vereadora Lucélia Ribeiro

A vereadora Lucélia Ribeiro, também tem grande preocupação com esta questão social, onde já apresentou vários projetos voltados para Inclusão Social, e em seu último discurso na Tribuna da Câmara Municipal de vereadores enfatizou a importância da assessibilidade e da garatia dos direitos sociais, que devem ser preservados e ampliados por toda a cidade.


De acordo com a vereadora Lucélia, a inclusão social está diretamente ligada às políticas públicas, "Por isso que é de extrema importância que todos os vereadores, o poder executivo, e os movimentos sociais se unam para que possamos discutir, desenvolver e executar políticas públicas com o objetivo de construir um novo tipo de sociedade, através de transformações, pequenas e grandes, nos ambientes físicos, e na mentalidade de todas as pessoas.", disse Lucélia.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Espaço cidadão


http://1.bp.blogspot.com/_QbZSZLdPZeo/SGk4-55WxXI/AAAAAAAAA0M/85tqhPFoQbA/s320/conven%C3%A7%C3%A3o.JPG%26sa%3DX%26ei%3D3Rl4TpiaLYK5tgeahtiyDA%26ved%3D0CAYQ8wc%26usg%3DAFQjCNGSfZ3OMy1LYM_-NW1-ycMsUlixwQ
Ex-prefeito Dr. Lair Solano

Amiga Lucélia parabéns pelo seu trabalho, tenho certeza que parte dele se deve ao seu grande companheiro Gledson Solano, que muito admiro. Não entendo como o PPS de tradições democráticas estando na presidência da CMP ainda não tenha colocado em prática tão importante projeto.

Para relembrar, a ADM de 93/96 junto com os vereadores da época já faziam reuniões nos bairros de nossa cidade ouvindo e acatando o que a maioria da população exigia, nascia ali o ORÇAMENTO CIDADÂO - cito um exemplo concreto a Praça da Capelinha, entre outros.

Comentário enviado pelo ex-prefeito drç Lair Solano (PMN)


NOTA DA VEREADORA- Agradeço os elogios do ex-prefeito, e reafirmo o meu compromisso em trabalhar sempre ouvindo a minha família, os meu conselho político e principalmente os cidadãos patuenses, pois só assim, conseguimos exercer a nossa função de forma plena e democrática.

Em relação ao projeto "Tribuna Popular", é preciso que se diga que a aprovação do mesmo está dependendo apenas da análise e apreciação da comissão que deverá se reunir na tarde desta terça-feira (26), para a partir daí o projeto seguir para votação.

Um forte abraço.

Vereadora Lucélia Ribeiro (PT)

Lucélia participou das solenidades alusivas aos 121 de Emancipação de Patu

http://3.bp.blogspot.com/-uOTnJMoTzAg/Tn9WqmE9b4I/AAAAAAAAGSw/Iax8Y8Xnczw/s1600/tuwutr.jpg
Sec. de com. social Josemar Matias, vereadora Lucélia, prefeita Evilásia e a pres. da Câmara de vereadores Maria Helena

A vereadora Lucélia Ribeiro, esteve presente em todas as solenidades do dia 25 de setembro, data que o município de Patu comemora 121 anos de Emancipação.

Lucélia esteve presente nas solenidades de reinauguração de várias praças da cidade, e no fim do dia participou do desfile cívico, evento que marcou o encerramento das comemorações.

Algumas imagens


http://1.bp.blogspot.com/-UMxqj0ccew0/Tn9Wd4iVj0I/AAAAAAAAGSM/Z3ZtJusowJc/s1600/eue.jpg













domingo, 25 de setembro de 2011

Parabéns Patu!


A cidade de Patu comemora mais um ano de sua Emancipação Política, mais um ano de conquistas e avanços. É bem verdade que os problemas ainda existem, mas os caminhos já foram abertos para o desenvolvimento do progresso, da justiça, da qualidade para a valorização da qualidade de vida das pessoas.

Patu é terra de gente corajosa, trabalhadora e que batalha diariamente para manter viva a chama da independência e da sua cultura e tradições. Em seus 121 anos de Emancipação Política, muita coisa aconteceu, muitas transformações desenharam o que hoje vem a ser Patu, uma cidade que acolhe, que recebe, que produz grandes nomes na s artes, educação, cultura, religião e na política.

Como representante do povo de Patu, tenho a honra e o prazer de comemorar ao lado de todos mais um aniversário da democracia, uma festa popular em que todos são homenageados e cada um exerce o seu papel fundamental dentro da comunidade. Aproveito esta tão importante data para reafirmar o meu compromisso de trabalhar ainda mais pelo progresso e desenvolvimento desta tão querida cidade de Patu.

Parabenizo todo o povo de Patu.

Vereadora Lucélia Ribeiro Dantas

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Fala da vereadora Lucélia Ribeiro na última sessão ordinária da Câmara de Vereadores

Vereadora Lucélia defende a Inclusão social

A vereadora iniciou a sua fala saudando todas as mulheres, fazendo moção a Presidenta Dilma por ter sido a primeira mulher a abrir a assembleia da ONU. Fez um importante registro sobro o dia do idoso em nome do centro social João Inácio, e lembrou dos 121 anos de Patu, que será comemorado no próximo domingo (25).

Lucélia fez grandes elogios à Feira da Cultura, parabenizando a prefeita Evilásia, o secretario Rivelino Câmara, e toda equipe de organização pelo excelente trabalho, e agradeceu a todos os colaboradores que apoiaram a Tenda do FOMUP- FORUM DA MULHER PATUENSE: DR. Getulio Barbosa, Dr. Ednardo Moura, Rivelino Câmara, Zé Bezerra, Vieira Contabilidade, Lair Solano, Aluisio Dutra e Atimar Godeiro.

O tema central do discurso da vereadora foi a Inclusão social. Confira na íntegra a fala da vereadora.

Inclusão Social é uma ação que combate a exclusão geralmente ligada a pessoas de classe social, nível educacional, portadoras de deficiência física e mental, idosas ou minorias raciais entre outras que não têm acesso a várias oportunidades. É oferecer aos mais necessitados oportunidades de participarem da distribuição de renda do País, estado e município dentro de um sistema que beneficie a todos e não somente uma camada da sociedade.

A inclusão social está diretamente ligada às políticas públicas, por isso que hoje direciono minha mensagem aos colegas vereadores, ao executivo, aos movimentos sociais para que possamos discutir, desenvolver e executar políticas públicas com o objetivo de construir um novo tipo de sociedade, através de transformações, pequenas e grandes, nos ambientes físicos, e na mentalidade de todas as pessoas.


Assim a sociedade se modificará em suas estruturas e serviços oferecidos, abrindo espaços conforme as necessidades de adaptação específicas para cada pessoa com deficiência a serem capazes de interagir naturalmente na sociedade, combatendo a discriminação e a segregação social.

Por fim quero lembrar que as diferenças se fazem iguais quando essas pessoas são colocadas em um grupo que as aceite, pois nos acrescentam valores morais e de respeito ao próximo, com todos tendo os mesmos direitos e recebendo as mesmas oportunidades diante da vida, seja na educação, saúde, moradia e infra estrutura.

Estamos vivendo o momento das mobilizações políticas onde cada partido realizando as suas filiações com o objetivo de fortalecê-los: PR, PC do B, e PT, onde quero agradecer a todos os amigos, família, simpatizantes e os mais novos filiados por prestigiares nosso evento. Contudo vamos amadurecer nossas ideologias, propostas, ações pensando no progresso de nossa gente, de nossa cidade.

Acredito na política para transformar nossa cidade e para isso é que nos enquanto políticos possamos despertar em cada cidadão a verdadeira essência da política, resgatando a credibilidade dos jovens, dos movimentos sociais. É preciso trabalhar a consciência política para que possamos saber fazer nossas escolhas e distingui os projetos próprios dos coletivos.

Espaço Cidadão

Maria Joceílma

Olá Lucélia!

Tenho acompanhado a sua luta pela desenvoltura da liberação , deste projeto "TRIBUNA POPULAR" mas te aconselho continue perseverante neste propósito, sempre pressionando na mesma tecla, para que um dia, tu possas ver aceitação e atuação do mesmo na casa, perante os parlamentares e outros, para o bem da nossa população.

Vá nesta tua garra de mulher guerreira, para que possas sempre obter sucesso nos teus projetos.

Lucélia apresentou projeto para Elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico de Patu

Vereadora Lucélia Ribeiro

Mais uma proposição interesante foi apresentada na sessão da Câmara Municipal de Patu pela vereadora do PT, Lucélia Ribeiro Dantas. Lucélia solicitou do poder executivo, através da secretaria de Obras e Serviços Urbanos a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico, conforme a Lei Federal nº 11.445/07. Ao mesmo tempo em que faz indicação ao secretário, para que seja feita discurção com a população patuense com o objetivo de ouvir as reivindicação dos moradores e transformá-las em propostas para o referido plano.

O Plano Municipal de Saneamento Básico fundamenta-se na Lei Federal nº 11.445/07, a chamada Lei Nacional de Saneamento Básico, que exige que cada município elabore o seu plano de saneamento e que o Estado os integre aos planos regionais e estadual de saneamento. Os planos devem contemplar diagnósticos com análise, propostas e definição das necessidades de investimento para a universalização do acesso aos serviços de abastecimento de água potável, esgotamento sanitário, limpeza urbana, manejo de resíduos sólidos, drenagem e manejo de águas pluviais.

As prefeituras de todo o país têm até dia 31 de dezembro próximo para apresentarem seus Planos de Saneamento Básico ao Ministério das Cidades. O prazo foi determinado pela Lei Federal nº 11.445/2007 e pela Resolução Recomendada nº 33/2007, que existem há três anos e prevêem que o município que não obedecer será penalizado cível e criminalmente. Entre as punições está a perda de incentivos fiscais para investimentos no setor.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Tribuna Popular ainda tramita na Câmara de vereadores de Patu


O Projeto Democrático "Tribuna Popular", de autoria da vereadora Lucélia Ribeiro (PT), ainda tramita na Câmara de Vereadores do Município. Até o presente momento, nenhum vereador se manifestou em relação ao projeto.

Recentemente a Câmara de Vereadores da cidade de Alexandria, não aprovou este importante projeto, fato esse que esperamos não se repetir em Patu.

Veja a matéria publicada no Jornal a Tromba, que repercutiu em vários blogs de Patu.


TRIBUNA POPULAR- Projeto DEMOCRÁTICO é derrubado em Alexandria

Corrinha do PT - Alexandria/RN - autora do Projeto

Matéria publicada pelo Jornal A Tromba.


Na última sessão da Câmara Municipal de Alexandria, o Presidente da Casa Legislativa, Chiquinho Pires, recomendou aos Vereadores presentes que votassem contra o Projeto de resolução que instituía a TRIBUNA POPULAR proposto pela Vereadora Corrinha do PT, que tramitava na Câmara Municipal há três meses.

Que vergonha... vetaram a participação da população, impedindo que o povo tenha voz nos debates da Casa. Que pena... isso é atraso pra idade da pedra... Alexandria não merece tanto atraso!

A votação teve o seguinte resultado:

VOTOS CONTRA
Carlinhos Sarmento
Mazinho
Germano Júnior
Maurici Abrantes
Chiquinho Pires
VOTOS EM ABSTENÇÃO
Gil Fábio
Edilberto
VOTOS A FAVOR
Corrinha do PT


Fonte: Jornal A Tromba/ Blog da Folha Patuense


OPINIÃO DE BRUNO CAMPELO-É impressionante o quanto ainda existem políticos que por um motivo ou outro se posicionam contra uma maior participação popular na política propriamente dita. Em Patu, existe um projeto para a implantação da Tribuna Popular na Câmara de Vereadores, o mesmo foi proposto pela vereadora Lucélia Ribeiro do PT e ainda não foi posto em votação.

Esperamos que os nossos vereadores não repitam a atitude antidemocrática dos parlamentares da cidade de Alexandria.

O povo, aquele mesmo que participa das eleições na hora do voto, também precisa e quer participar dos debates políticos da cidade.

É bom lembrar que o parlamentar que negar o projeto, terá o mesmo espaço em todas as mídias, que aquele que aprovarem.

OPINIÃO DO PROFESSOR ALUISIO DUTRA- Na Câmara Municipal de Patu, o projeto Tribuna Popular, de autoria da Vereadora Lucélia Ribeiro (PT), também se encontra há vários meses na casa legislativa e ainda não foi votado. Será que terá o mesmo destino????

Subcomissão Comissão de Educação da Câmara Federal Cria Subcomissão para Visitar Estados que não Pagam o Piso Salarial Nacional do Magistério A Co


A Comissão de Educação e Cultura aprovou no dia (14/09), por unanimidade, a criação de uma Subcomissão Especial para fazer um diagnóstico sobre a implementação, pelo Estados, do Piso Salarial Nacional do Magistério, previsto na lei n 11.738/08. As visitas começarão por Minas Gerais e Ceará, onde os professores, em greve, reivindicam o pagamento do Piso. O objetivo da subcomissão é visitar todos os estados da federação para que seja feito um diagnóstico da situação em todo o país.

Os trabalhos da subcomissão serão feitos em parceria com a Frente Parlamentar Mista em Defesa do Piso Salarial Nacional dos Professores, comandada pela presidenta da Comissão de Educação e Cultura, professora e deputada Fátima Bezerra.

"Os estados e municípios estão pagando o piso salarial? E, além disso, existe um plano de cargos e salários para os professores? Ele está sendo cumprido? A subcomissão vai fazer esse levantamento porque, afinal de contas, a lei foi aprovada por unanimidade pela Câmara dos Deputados e, portanto, é prerrogativa do Poder Legislativo zelar pelo cumprimento das leis aprovadas por nós", argumentou Fátima Bezerra.

Atualmente, o Piso Salarial Nacional é de R$ 1.187,00 e apesar de a lei 11.738/08 ter a constitucionalidade reafirmada pelo Supremo Tribunal Federal, muitos estados e municípios ainda descumprem o que determina a lei. A subcomissão foi criada a partir de requerimento dos deputados Padre João (PT-MG) e Paulo Rubem Santiago (PDT/PE). O requerimento inicial era que a Comissão de Educação e Cultura fosse apenas a Minas Gerais para mediar a greve no estado. Mas, devido a existência de denúncias de que lei 11.738/08 está sendo descumprida por outros estados, o foco da subcomissão foi ampliado.

A fim de se evitar a deflagração de movimentos grevistas em outros Estados, a subcomissão irá procurar os secretários de educação das unidades da federação que estão descumprindo a lei 11.738/08 para saber por que o Piso não está sendo pago aos professores.

Fonte: Site da Deputada Fátima Bezerra.

domingo, 18 de setembro de 2011

Lucélia prestigiou mobilização política do PC do B em Patu

Vereadora Lucélia e o sec. de saúde e ex-prefeito Dr. Ednardo Moura


A vereadora Lucélia Ribeiro, que também é a presidente municipal do Partido dos Trabalhadores -PT, participou do dia de mobilização política do Partido Comunista do Brasil, PC do B, que é Patu é presidido pela também vereadora Lourdes Leão.

O dia de mobilização aconteceu na manhã do último sábado (17) na sede da Câmara Municipal de Patu, e contou com a presença de várias autoridades do município e do estado.

Imagens


Vereadora Lourdes Leão- presidente do PC do B

dezenas de pessoas prestigiaram o evento

Vereadores: Lucélia, Xanxan e Lourdes Leão

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

28ª Feira da Cultura de Patu

Confira imagens da Tenda do FOMUP - Fórum da Mulher Patuense, que aproveitou as comemorações da 28ª Feira da Cultura de Patu, que está sendo realizada na Praça de Eventos Oliveira Rocha, para conscientizar toda a comunidade sobre os direitos das mulheres.

Imagens













Lucélia prestigiou a 1ª Feira Literária de Patu

A vereadora Lucélia Ribeiro, esteve presente no lançamento da 1ª Feira Literária de Patu, que aconteceu no último dia 10, no Museu Municipal, localizado na Praça José Pereira de Quiroz.

Imagens



Autoridades e expositores

Historiador Petronilo Hemetério Filho

Escritor Lenival Nunes de Andrde (Filho de Valdemar Solano de Andrade)

Escritor e poeta Zé Bezerra

Vice-prefeita Gorete Forte Dantas visitando o stand do Escritor do Cangaço Epitácio Filho

Professora Vioneide Linhares e alunas da Escola Estadual Dr. Xavier Fernandes

Dr. Ednardo Moura prestigiou a I Feira Literária

Empresário e contador Rubinaldo Maia também prestigiou a I Feira Literária de Patu

Peças do artesão Manoel de Epifânio fizeram parte do cenário da I Feira Literária de Patu, principalmente do stand do escritor Epitácio Filho